quarta-feira, 16 de maio de 2018

TERCEIRA EDIÇÃO DE 16-5-2018

NO O ANTAGONISTA
Suprema carteirada
Brasil Quarta-feira, 16.05.18 15:10
A Jovem Pan informa que Viviane Barci de Moraes, mulher do ministro do STF, Alexandre de Moraes, deu uma carteirada na PF para não se submeter ao detector de metais do aeroporto de Brasília.
Mais cedo, motoristas do Supremo Tribunal Federal também deram uma carteirada no Detran-DF para escapar da longa fila de vistoria. Neste caso, pelo menos, o supervisor de plantão não quis saber e mandou os seis veículos oficiais para o fim da fila.

A toxicidade de Aécio
Brasil 16.05.18 15:04
Segundo correligionários de Aécio Neves, o senador tucano sabe que sua presença é contagiosa e por isso ele ficará longe, nas próximas semanas, de candidatos do partido, como Antonio Anastasia, publica a Coluna Expresso da Época.

A Lava Jato é uma ótima agência imobiliária
Brasil 16.05.18 14:30
O Globo publica que o apartamento de Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo no Leblon foi alugado por 25 mil reais por mês.
O inquilino é um executivo paulista do mercado financeiro. Divorciado, mudou-se para o Rio de Janeiro.
Ele deposita o dinheiro numa conta da Justiça.
“Pago para o Bretas”, disse o inquilino ao jornal.
Triplex de Lula leiloado, apartamento de Cabral alugado: a Lava Jato é uma ótima agência imobiliária.

STF rejeita HC a Rocha Mattos
Brasil 16.05.18 14:51
A Primeira Turma do STF negou habeas corpus ao ex-juiz João Carlos da Rocha Mattos, condenado em 2003 na Operação Anaconda.
Rocha Mattos foi acusado de ser mentor de uma quadrilha que vendia sentenças judiciais.
Segundo o site Migalhas, o ex-juiz “pretendia que fosse desconsiderada de sua condenação por abuso de poder e inutilização de documentos (art. 350, parágrafo único, e 314, caput, ambos do CP), pelo Órgão Especial do TRF da 3ª Região, a circunstância judicial negativa de outro processo crime em que ele respondia, mas que não havia transitado em julgado na época desta condenação.”

PGR contra redução de foro para governadores
Brasil 16.05.18 14:41
O vice-procurador-geral da República, Luciano Mariz Maia, entregou memorial ao STJ se posicionando contrário à redução automática do foro privilegiado para governadores, registra o Estadão.
Os ministros da Corte deverão discutir o assunto nesta quarta-feira.

STF fará auditoria em sistema de distribuição de processos
Brasil 16.05.18 13:30
O STF lançou um edital para fazer auditoria no sistema eletrônico de distribuição de processos entre os ministros.
É para dirimir dúvidas da sociedade, embora o Tribunal garanta que o sistema é seguro.
O STF é mesmo um lugar sujeito a muitas dúvidas.

Maninho do PT e filho se entregam
Brasil 16.05.18 13:06
Maninho do PT e seu filho, Leandro, se entregaram à Polícia para cumprir prisão preventiva por tentativa de homicídio contra o empresário Carlos Alberto Bettoni em frente ao Instituto Lula, informa o G1.
Eles devem seguir para a penitenciária em Tremembé, no interior paulista.

Justiça tranca ação contra terrorista Cesare Battisti
Brasil 16.05.18 12:53
O Tribunal de Justiça de São Paulo mandou trancar a ação penal contra o terrorista Cesare Battisti, por falsidade ideológica.
O terrorista mentiu ao dizer que morava em Cananéia, quando entrou com a papelada para se casar com um brasileira.
Foi assim que o Brasil se transformou num paraíso para criminosos internacionais.

O forte recado de Raquel Dodge
Brasil 16.05.18 12:23
Ao sugerir que o processo contra Carlos Fernando dos Santos Lima, que chamou Michel Temer de leviano, abre caminho para a censura prévia, Raquel Dodge mandou um recado forte a integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público que se uniram à turma anti-Lava Jato.
(...)

Moro responde às bobagens da imprensa petista
Brasil 16.05.18 10:51
Atacado pela imprensa petista por ter tirado uma foto com João Dória durante um evento em Nova Iorque, Sérgio Moro respondeu:
“Estar em um evento social e tirar uma foto não significa nada, acho uma bobagem isso.”

NO DIÁRIO DO PODER
R$7 MILHÕES EM PROPINA
FACHIN PRORROGA POR 60 DIAS INQUÉRITO CONTRA EUNÍCIO, MAIA, JUCÁ E RENAN
TODOS ELES, ALÉM DE LÚCIO VIEIRA LIMA, TERIAM RECEBIDO R$7 MILHÕES EM PROPINA
Publicado quarta-feira, 16 de maio de 2018 às 12:10
Da Redação
O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a prorrogação por mais 60 dias de um inquérito contra os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).
A prorrogação havia sido pedida pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, no último dia 7, reforçando solicitação feita pelos delegados da Polícia Federal (PF) responsáveis pelo caso.
São investigados no mesmo inquérito os senadores Romero Jucá (RR), presidente do MDB, e Renan Calheiros (MDB-AL), bem como o deputado Lúcio Vieira Lima (MDB-BA).
A investigação tem como base a delação premiada do ex-presidente-executivo da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e de outros cinco executivos da empresa, que relataram o pagamento de mais de R$ 7 milhões aos parlamentares para que duas Medidas Provisórias favoráveis ao grupo fossem aprovadas no Congresso.
O prazo para o fim das investigações da Polícia Federal já havia sido prorrogado uma vez por igual período, mas os delegados responsáveis voltaram a solicitar mais tempo.
Na petição encaminhada a Fachin, Dodge citou investigações "pendentes" da PF, destacando que passados os últimos 60 dias, nenhuma das diligências previstas foi cumprida pelos delegados, entre elas a oitiva como testemunha de Carlos Parente, executivo da Braskem, uma subsidiária da Odebrecht.
Nos últimos dois meses, também não foram feitas perícias nos sistemas de comunicação e contabilidade paralela da Odebrecht, chamados Drousys e Mywebdayb, conforme previstas, destacou a PGR. (ABr)


Nenhum comentário:

Postar um comentário