segunda-feira, 9 de abril de 2018

SEGUNDA EDIÇÃO DE 09-4-2018 DO 'DA MÍDIA SEM MORDAÇA'

NO BLOG ALERTA TOTAL
A falsa convicção de Lula é sua prisão
Segunda-feira, 09 de abril de 2018
Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
O filósofo G. K. Chesterton pregava que “toda convicção é uma prisão”. O advogado do prisioneiro Luiz Inácio Lula da Silva se diz convicto de que seu cliente e amigo será solto, brevemente. Cristiano Zanin tem certeza de que a maioria apertadinha do Supremo Tribunal Federal irá rever a decisão que manda cumprir a pena de prisão a partir de órgão colegiado judicial de segunda instância. A tendência é que a regra do encarceramento passe a valer depois de uma decisão do Superior Tribunal de Justiça, a terceira instância.
O supremo ministro Marco Aurélio Mello tem a convicção de que o STF começará a discutir, na próxima quarta-feira, as duas Ações Declaratórias de Constitucionalidade sobre o “trânsito em julgado” para efeito prisional ou não. Mello promete que usará os primeiros minutos da próxima sessão plenária do STF para “colocar em mesa” o assunto. Novamente, o Guardião da Constituição-Vilã de 1988 se vê pressionado pelo 'lopetralhismo' a debater o tema que a Carta Magna do Brasil dá margem a variadas interpretações.
Uma decisão que mande soltar o condenado Lula, agora, vai rachar o Brasil. Além de forçar a barra para libertar seu poderoso chefão, o PT tem a convicção de que Luiz Inácio Lula da Silva terá sua candidatura presidencial registrada em 15 de agosto. Lei da Ficha Limpa não vale para o ex-Presidente que aposta ser favorito para vencer a sucessão de Michel Temer – candidato provável à reeleição e a uma futura condenação (com prisão) por crimes ligados à corrupção.
A sempre arrogante Gleisi Hoffmann, presidenta do PT, gostaria até de roubar o papel da Cármen Lúcia para definir a pauta de julgamentos do STF. Gleisi também só faltou dar ordens para a ministra Rosa Weber – uma das indicadas pelo partido para o emprego no STF: “O Supremo é a última instância que nós temos. É o Supremo que vai dar a decisão final sobre isso. Temos expectativa para que na quarta-feira a ministra Rosa Weber cumpra com aquilo que falou no último julgamento”.
A pressão petralha sobre o Supremo é tão real que a própria Gleisi tirou onda que advogados do PT fizeram “vários contatos” com Rosa Weber e os demais magistrados da Corte sobre o assunto. O advogado Cristiano Zanin resumiu sua tese ontem, na saída de uma rápida visita a Lula no cárcere curitibano: “Nós vamos reverter essa decisão porque nem a condenação nem a prisão para cumprimento antecipado da pena são compatíveis com a lei”. Zanin tem outra “tese”, também compartilhada por Lula: “O Presidente se considera um preso político”.
O caso Lula deve chegar ao Superior Tribunal de Justiça em junho, A terceira instância tem tudo para tomar uma decisão final até o final do ano. Se a condenação de Lula for confirmada, nem adiantarão as manobras supremas para mudar a regra da prisão em segunda instância. O companheiro $talinácio puxará longa cana, privado do vício de tomar muita cana. Ficará privado do direito de confundir água mineral com aguardente mineiral.
A situação de Lula racha a esquerda. PDT e PSB, que desejam lançar as candidaturas presidenciais de Ciro Gomes e Joaquim Barbosa, vacilam em aderir ao papo furado de que “eleição sem lula é fraude”. O PSOL e o PC do B, que pretendem disputar o Palácio do Planalto com Guilherme Boulos e Manuela D’Avila, insistem na mentirinha, e deixam claro que a união deles com o PT não é eleitoral, mas apenas para “defender os direitos de Lula”.
A tal Frente Brasil Popular, espécie de sucursal do Foro de São Paulo que reúne todos os partidos de esquerda, se reúnem para defender “eleições livres, soberania nacional e combate à violência da extrema direita”. Apenas o PT tem clareza sobre a candidatura presidencial de Lula. Os demais partidos querem jogar sozinhos. Um “torcedor” da candidatura Lula é Jair Bolsonaro. Bem nas pesquisas, o “mito” aposta nos benefícios da polarização com Lula.
O Estadão dá a notícia boa de que o responsável pela delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros em São Paulo (Delecor), o delegado da PF, Milton Fornazari Júnior, escreveu numa rede social que “agora é hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio etc)”. O delegado cuidou de casos que envolvem tucanos em corrupção: o Cartel do Metrô de São Paulo e o superfaturamento no Rodoanel – que levou o famoso Paulo Preto para o xilindró.
O pensamento de Fornazari Júnior parece consensual na PF. Associação Nacional de Delegados Federais publicou uma nota na qual dizia que a PF “não tem cor, nem partido – tem missão! E exerce seu papel independentemente de quem seja o investigado, com equilíbrio, moderação e responsabilidade”.
O Movimento Avança Brasil repete seu apelo lançado após a histórica prisão de Lula: “Petistas, quando passar a sua mágoa, juntem-se a nós e vamos pedir a prisão de Temer, Aécio, Renan e outros corruptos”. Delata, $talinácio...
(...)

NO O ANTAGONISTA
Não pode, Gleisi
Brasil Segunda-feira, 09.04.18 09:47
O Antagonista reproduz, abaixo, o registro de Gleisi Hoffmann na OAB. Como se vê, ela está licenciada para o exercício da advocacia.
Lula ficará sem porta-voz por enquanto.
Eduardo Cunha lamenta a prisão de Lula
Brasil 09.04.18 09:39
“A prisão de Lula aumentou a tensão entre os presos da Lava Jato”, segundo O Globo.
“Condenados como Eduardo Cunha veem um endurecimento do Judiciário, o que deixa mais distante a chance de conseguirem sair da cadeia”.
Uma pessoa próxima a Eduardo Cunha disse à reportagem:
“A derrota do Lula no STF é a derrota de Cunha e de todos os presos da Lava Jato que não fazem delação e que já estão condenados na segunda instância. O sentimento é de que se o Lula foi derrotado, eles também foram derrotados”.

A e T no Jaburu
Brasil 09.04.18 09:30
Um dia depois do encarceramento de Lula, Michel Temer e Aécio Neves se reuniram no Palácio do Jaburu.
Segundo Luis Roberto Barroso, uma “interpretação constitucional retilínea não desvia quando chega em A, não desvia quando chega T e não desvia quando chega em L”, referindo-se a Aécio Neves, Michel Temer e Lula.
É o que temem A e T.

Lula vai murchar
Brasil 09.04.18 09:14
O apoio popular a Lula vai murchar ainda mais na cadeia. Agora ele só pode contar com os gabinetes.
Até a Folha de S. Paulo sabe disso:
“Não houve caos social, nem o País foi incendiado após a prisão do ex-presidente Lula. Fracassaram as previsões catastróficas espalhadas por aí. O mundo não acabou.
É cedo para prever o limite das mobilizações em curso contra a detenção do petista, mas a batalha dos aliados de Lula tende a diminuir nas ruas. A prioridade do entorno dele será pressionar o STF a reverter a curto prazo a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. É a única saída que interessa a partir de agora ao ex-presidente.”

Lula com Ciro
Brasil 09.04.18 08:49
Ciro Gomes “enterrou as chances de ter o apoio do PT ao se distanciar da defesa de Lula”, segundo a Folha de S. Paulo.
Mentira.
Lula só se salva da Lava Jato com um indulto.
Se Ciro Gomes passar para o segundo turno, o presidiário vai apoiá-lo com entusiasmo.

O bêbado equilibrista
Brasil 09.04.18 08:18
As páginas de Lula nas redes sociais continuam ativas.
Nesta segunda-feira, seus assessores de imprensa elogiaram o espetáculo de uma certa Ana Cañas, realizado do lado de fora da PF.
Segundo a Folha de S. Paulo, ela “cantou, primeiro, ‘O Bêbado e o Equilibrista’, que disse ser uma música de grande importância para Lula”.
A reportagem não informou se ela estava sendo irônica ou não.

A tinta vermelha de MAM sobre Cármen Lúcia
Na quarta-feira, Marco Aurélio Mello promete vandalizar o STF, jogando tinta vermelha sobre Cármen Lúcia.
A manobra, porém, é arriscada.
Ele não vai levar ao plenário o julgamento das prisões em segunda instância, e sim uma liminar marota para soltar todos os condenados enquanto o mérito de suas ADCs não for julgado.
O STF já votou uma liminar idêntica na semana passada, apresentada pelos advogados de Lula. E a derrota foi acachapante: 8 a 2. Só Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski votaram a favor.
Gilmar Mendes, que estava em Lisboa, cuidando de um evento organizado por sua empresa, também vai votar a favor, porque ele topa qualquer coisa para tirar Lula da cadeia. Mas isso não muda o resultado final.

Lulistas plantam no STJ
Brasil 09.04.18 07:40
O processo de Lula deve chegar em junho ao STJ, segundo a Folha de S. Paulo.
“A previsão de magistrados do STJ é que o caso pode estar encerrado até o fim do ano. Se confirmada a condenação, Lula teria que passar longo tempo na prisão já que de nada adiantaria a reversão da regra que prevê prisão depois de segunda instância.”
Isso é lorota contada por aqueles que querem tirar imediatamente Lula da cadeia por meio de um HC.
De chicana em chicana, o processo do criminoso condenado pela Lava Jato pode se arrastar por mais de dez anos no STJ.

PT virou um puxadinho do MTST
Brasil 09.04.18 07:23
Guilherme Boulos é o novo dono do PT.
“Liderados por ele”, disse a Folha de S. Paulo, “cerca de 10 mil integrantes do MTST engrossaram fileiras em defesa de Lula. Boulos chegou a bater boca com petistas para que Lula não se entregasse.”
Se esse número é verdadeiro, só havia integrantes do MTST em São Bernardo do Campo, porque o comício de Lula reuniu no máximo 10 mil pessoas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário